Como fazer tinta sustentável

Homem é preso após atear fogo em carros do Ibama em Rondônia
outubro 22, 2018
Lançado concurso de fotografia de animais silvestres
outubro 22, 2018
Exibir tudo

Como fazer tinta sustentável


Como fazer tinta? O Projeto Cores de Terra, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), responde. No site da instituição está disponível uma receita que ensina a fazer uma tinta especial a base de terra. Ela pode ser muito eficiente para evitar o uso da tinta comum, que contêm grandes quantidades de produtos químicos (saiba mais sobre esse tema na matéria: "Existe reciclagem de tinta?". Dê uma olhada na "receita" de como fazer tinta de terra:

Ingredientes

  • Uma lata vazia de tinta de 3,6 litros;
  • Terra argilosa (seis a oito quilos);
  • Água (dez litros);
  • Um quilo de cola branca;
  • Pigmentos como açafrão, urucum, areia ou as diversas tonalidades do próprio solo podem ser usadas para obter a cor desejada.

Observação: não utilizar terra de formigueiro ou cupim (confira o vídeo para mais informações).

Modo de preparo

  • Misture a terra e a água, passe a mistura numa peneira fina, acrescente a cola e misture novamente. Após fazer isso, adicione a cor com a mistura de pigmentos escolhidos.
  • Se você quiser obter uma tinta mais fina, passe a mistura por uma peneira por mais de uma vez. Se quiser uma tinta grossa, a peneira não é necessária.
  • Além de todas as vantagens ambientais, esse tipo de tinta é cerca de 70% mais barata que a tinta convencional. Uma lata de tinta cobre de 70 a 90 metros quadrados.

Veja os slides mais explicativos de como fazer tinta a base de terra. Comece tentando pintar pequenas áreas. Se der certo, faça um projeto mais ousado!

Assista ao vídeo mais detalhado que o site Manual do Mundo fez recentemente, usando a mesma técnica e explicando bem como fazer a tinta e aplicá-la:

(Via eCycle, com informações do site Arquitetura Ecoeficiente)

EcoDesenvolvimento.org – Tudo Sobre Sustentabilidade em um só Lugar.

Wander Delgado
Wander Delgado
Químico, especialista em meio ambiente e gestão de resíduos, contabilidade industrial e viabilidade técnico econômica.