Como funciona a reciclagem das cápsulas de alumínio da Nespresso

CIB aprova declaração que protege baleias da caça comercial
setembro 13, 2018
Proibição da caça comercial de baleias é mantida em reunião no Brasil
setembro 14, 2018
Exibir tudo

Como funciona a reciclagem das cápsulas de alumínio da Nespresso



Separados, café e alumínio seguem caminhos diferentes
Fotos: Divulgação/Nespresso

Práticas e cada vez mais acessíveis, as máquinas de café já são consideradas uma realidade consolidada no Brasil. No entanto, as cápsulas do produto (geralmente de plástico ou alumínio) passaram a representar um problema ambiental, pois, depois de utilizadas podem vir a sobrecarregar aterros sanitários ou lixões. Até 2019 um total de 16 mil toneladas de café em cápsulas deverão ser consumidas no País – eram 6 mil toneladas em 2014 – segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) com a consultoria Euromonitor. A boa notícia é que algumas empresas adotam políticas de sustentabilidade com o objetivo de reduzir os impactos ambientais dessa modalidade. O EcoD visitou na segunda-feira, 10 de setembro, o Centro de Reciclagem da Nespresso, em Barueri (SP). 

Com duração de 90 minutos, o programa de visitas da empresa envolve a explicação de toda a cadeia de reciclagem Nespresso. O trajeto inclui a visitação da área que realiza, sem água, a separação do pó de café e do alumínio dentro de um maquinário de desenvolvimento próprio. Separados, café e alumínio seguem caminhos diferentes: o primeiro vira adubo e o segundo está pronto para ser reciclado e retornar à indústria.

“Investimos para que a reciclagem aconteça em favor do meio ambiente, pensando em toda a cadeia. A Nespresso ajuda parceiros a destinar corretamente a matéria-prima, atuando de forma responsável com o meio e de acordo com cada país em que opera”, destaca Claudia Leite, gerente de cafés e sustentabilidade da Nespresso no Brasil. “Buscamos transparência em nossas ações, medindo tudo que fazemos no processo de reciclagem. Queremos engajar o público e estimular que todo o mercado acompanhe essa mudança positiva sustentável”, complementa.

 capsulas2-ecod.jpg

No pilar alumínio, a meta é chegar a 100% dos clientes uma solução fácil de reciclagem até 2020

O programa de visitas integra a campanha de Criação de Valor Compartilhado da Nespresso. Esta comunicação tem como objetivo ressaltar a atuação da companhia em toda a cadeia sustentável, do grão à xícara e à reciclagem, além de refletir o compromisso da marca com o tema sustentabilidade. Por meio do programa denominado The Positive Cup, a companhia trabalha os pilares como aquisição de café sustentável, gestão do alumínio e gestão eficiente do clima. No pilar alumínio, a meta é chegar a 100% dos clientes uma solução fácil de reciclagem até 2020.

Pontos de coleta
“Atualmente temos mais de 70 pontos de coleta para o consumidor da linha doméstica no Brasil. As cápsulas usadas são coletadas nestes pontos e enviadas ao Centro de Reciclagem por meio de logística reversa. Em 2017, reciclamos 13,3% do total de cápsulas vendidas, um crescimento significativo em relação ao ano anterior, mas temos o compromisso de fazer muito mais”, completa Claudia. Atualmente, a Nespresso investe globalmente 25 milhões de francos suíços em reciclagem por ano.

Ao pensar em criar valor para a sociedade e o meio ambiente, a marca escolheu o alumínio como matéria-prima de suas embalagens por ser infinitamente reciclável e por conservar o café de forma adequada. De acordo com o presidente-executivo da Associação Brasileira do Alumínio (Abal), Milton Rego, a reciclagem do alumínio alia uma combinação única de vantagens: “O processo de reciclagem do alumínio utiliza apenas 5% da energia elétrica e, segundo dados do International Aluminium Institute (IAI), libera somente 5% das emissões de gás de efeito estufa quando comparado com a produção de alumínio primário. O processo diminui o volume de lixo gerado que teria como destino os aterros sanitários, estimulando a consciência ecológica”, diz.

No site da empresa, os clientes podem acessar um mapa que indica os pontos de coleta distribuídos pelo Brasil. Além disso, têm a oportunidade de agendar a visita ao Centro de Reciclagem da empresa. 

Serviço:
Visitas ao Centro de Reciclagem da Nespresso
Local: Avenida Café do Ponto, 479 – Jardim dos Camargos – Barueri (SP)
Como se inscrever: pelo site

Assista ao vídeo da empresa que explica como funciona o processo de reciclagem das cápsulas:

EcoDesenvolvimento.org – Tudo Sobre Sustentabilidade em um só Lugar.

Wander Delgado
Wander Delgado
Químico, especialista em meio ambiente e gestão de resíduos, contabilidade industrial e viabilidade técnico econômica.