Estudantes criam telha ecológica a partir de fibra de coco e embalagens Tetra Pak

‘Doença X’ está chegando? Especialista indica chances de ocorrer nova epidemia global
março 13, 2018
Registro de escorpiões amarelos gera alerta em Ivaiporã
março 14, 2018
Exibir tudo

Estudantes criam telha ecológica a partir de fibra de coco e embalagens Tetra Pak


 

Nosso planeta está cheio de recursos naturais, mas que, infelizmente, ainda não são muito bem aproveitados. Mas esta realidade está prestes a mudar se depender de três estudantes da Escola Técnica Estadual heliópolis (Etec), de São Paulo. Como TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) do curso de Administração, Keylla Maria, Danielli Santos e Eduardo Correia desenvolveram uma telha ecológica, feita a partir de fibra de coco, papel reciclado e embalagem Tetra Pak.

A professora que orientou o projeto foi Roberta Cabrera e a ideia surgiu quando Keylla estava em um dos intervalos da aula e começou a observar a caixa de uma bebida láctea que ela tomava. Ela percebeu que a caixinha era composta de papel, alumínio e polietileno e que sua reciclagem não era nada fácil. Foi assim que surgiu a ideia de reaproveitar essas caixas para fazer um produto barato para facilitar as construções sociais e reduzir impactos ambientais.

A telha ecológica é uma solução sustentável, que oferece mais resistência do que as convencionais

Keylla explica como surgiu a ideia da fibra de coco: “Adicionei papel reciclável e uma manta térmica de alumínio de embalagem Tetra Pak, que age expelindo o calor em dias quentes e retendo em dias frios. Faltava só a inovação, que veio com a fibra vegetal extraída do coco. Ela serve como ótimo isolante acústico”.

Redução de resíduos
Este projeto possibilita a redução da quantidade de resíduos sólidos nos aterros sanitários e da retirada de matérias-primas da natureza, que seriam usadas para a produção de novos produtos, além do mais, promove mais sustentabilidade para a construção civil, que é uma das áreas que mais produzem resíduos.

A telha ecológica é uma solução sustentável, que oferece mais resistência do que as convencionais. Ela também possui uma vida útil de 25 anos, a mesma das telhas de amianto. As telhas foram apresentadas na 11ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps) e após uma pesquisa de mercado, os estudantes descobriram que muitas pessoas se interessaram em comprar um produto de menor impacto ambiental.

Maravilhoso, não? Agora é torcer para que ela chegue logo no mercado!

(Via Razões Para Acreditar, com informações da CPS.SP)

EcoDesenvolvimento.org – Tudo Sobre Sustentabilidade em um só Lugar.

Wander Delgado
Wander Delgado
Químico, especialista em meio ambiente e gestão de resíduos, contabilidade industrial e viabilidade técnico econômica.