Ibama implanta nova guia de transporte de peixes ornamentais

EUA preveem maior produção de petróleo em 43 anos em 2015
agosto 25, 2015
Onda de frio nos Estados Unidos já deixou 15 mortos
agosto 25, 2015
Exibir tudo

Ibama implanta nova guia de transporte de peixes ornamentais


Brasília (06/08/2015) – Vai ficar mais simples transportar peixes ornamentais. Seguindo as novas diretrizes de simplificação de procedimentos do Ibama, a Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas (DBFlo), o Ministério do Meio Ambiente e o Ministério da Pesca acordaram na última sexta feira (31/07) os termos para modernização da Guia de Trânsito Interestadual de Peixes Ornamentais (GTPON)



, que passará a ser eletrônica e a se chamar Guia Eletrônica de Transporte – GET.

Desde 2008, o Ibama já havia detectado problemas na implementação do controle por meio da GTPON e os teria apontado em um diagnóstico da atividade. Acontece que, em 2009, a atribuição para alterar essas normas saiu do instituto, e muitas das alterações desejadas não puderam ser realizadas. Com o acordo alcançado com os ministérios, a solicitação da GET será online, e sua emissão, imediata para todos os peixes ornamentais, exceto as raias de água doce e espécies ameaçadas.

A GET está sendo desenvolvida pelo Ibama, que também será responsável por sua implementação e operação. A previsão é de que entre em funcionamento em três meses com a finalização do sistema eletrônico e a publicação da norma conjunta MMA/MPA.

Para os lojistas, aquicultores e distribuidores de peixes ornamentais, a GET proporcionará maior agilidade na emissão dos documentos, acabando com as dificuldades de quem antes precisava viajar às capitais para solicitar e receber as guias. Para os gestores e fiscais da área ambiental, viabilizará o monitoramento, em tempo real, do fluxo de peixes ornamentais entre os estados, permitindo uma atuação mais inteligente e fundamentada e possibilitando o acesso a informações que, atualmente, não podem ser acessadas com dinamismo por estarem apenas em papel.

A proposta segue a linha que vem sendo adotada pelo Ibama em seus sistemas eletrônicos para floresta e fauna, que permitem entender que o melhor controle se faz com informação, não com burocracia.

Luiz Flávio Mendes
Ascom/Ibama
Fotos: Henrique Anatole C. Ramos



Source link

Wander Delgado
Wander Delgado
Químico, especialista em meio ambiente e gestão de resíduos, contabilidade industrial e viabilidade técnico econômica.