Ibama multa 32 barcos de frota atuneira que ameaça boto-cinza na Baía de Sepetiba (RJ)

Ibama arquiva licenciamento da UHE São Luiz do Tapajós, no Pará
agosto 6, 2016
O último dia do ano nunca chegou tão cedo
agosto 8, 2016
Exibir tudo

Ibama multa 32 barcos de frota atuneira que ameaça boto-cinza na Baía de Sepetiba (RJ)


Rio de Janeiro (03/08/2016) – Após levantamento inédito, o Ibama multou em R$ 1,8 milhão 32 embarcações da frota atuneira nacional que pescavam ilegalmente na Baía de Sepetiba, no litoral fluminense.

Localizada no oeste do estado, a baía abriga a maior população de boto-cinza (Sotalia guianensis) do mundo, espécie em risco de extinção e ameaçada pela pesca predatória.

O Programa de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite (PREPS) é um sistema que monitora a movimentação dos barcos de grande porte na costa brasileira. Para identificar os que estavam praticando pesca proibida no habitat do boto-cinza, a Operação Mareados, realizada pela área de Inteligência do Ibama, analisou o histórico de deslocamento da frota pesqueira àquela região nos últimos três anos.

Dos 32 barcos multados, todos eram atuneiros do sul e sudeste do país: 16 saíram de Santa Catarina, 4 do Rio Grande do Sul, 2 do Espírito Santo e 10 do Rio de Janeiro. No período fiscalizado, eles entraram na Baía de Sepetiba regularmente para capturar sardinhas-verdadeiras com rede de cerco – modalidade de pesca proibida para a região. Posteriormente elas seriam usadas como iscas-vivas na pesca do bonito-listrado, espécie-alvo dessa frota, já em alto mar.

A Baía de Sepetiba possui normas específicas para pesca por ser um importante berçário natural para muitas espécies marinhas, além de local de ocorrência do boto-cinza. “A pesca de cerco imprime grande esforço sobre os cardumes, por isso não é tolerada em uma baía como essa. O declínio nas populações de boto-cinza, entre outras causas, também está relacionado à pesca de cerco porque ela compromete os estoques de peixes que alimentam o boto”, diz o chefe da Fiscalização do Ibama no Rio de Janeiro, Leonardo Tomás.

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

(61) 3316-1015



Source link

Wander Delgado
Wander Delgado
Químico, especialista em meio ambiente e gestão de resíduos, contabilidade industrial e viabilidade técnico econômica.

Deixe uma resposta