Vídeo: Por que podemos considerar a natureza de hoje como um poema imperfeito? por Fernando Fernandez

"É possível ampliar os investimentos em processos mais sustentáveis", defende presidente do Cebds
setembro 13, 2018
Veja quais cidades brasileiras se comprometeram a conservar e restaurar florestas em nível mundial
setembro 13, 2018
Exibir tudo

Vídeo: Por que podemos considerar a natureza de hoje como um poema imperfeito? por Fernando Fernandez


Esqueleto de um mastodonte americano fêmea e seu filhote. Foto: Wikipédia.

Em meados do século XIX, o escritor americano Henry Thoreau havia se queixado de ter herdado de seus antepassados um mundo natural empobrecido, incompleto. Ele falou que queria conhecer o poema inteiro, mas que seus ancestrais tinham removido muito dos versos das melhores passagens.

Henry Thoreau estava certo. O que temos é uma cópia incompleta, mutilada, do que a natureza já foi. A grande maioria das espécies de grande porte está extinta.

O biólogo e professor do Instituto de Biologia da UFRJ, Fernando Fernandez, contou a ((o))eco um pouco sobre esse poema, que foi tema de seu primeiro livro.

 

Assista:

 

 

Leia Também

Documentário sobre natureza está disponível no Youtube

Vídeo: O que aconteceu com a ave mais abundante do século XIX? por Fernando Fernandez

A máquina do tempo: Flacourt e a fauna perdida de Madagascar

 

Wander Delgado
Wander Delgado
Químico, especialista em meio ambiente e gestão de resíduos, contabilidade industrial e viabilidade técnico econômica.